CONFLITOS AGRÁRIOS A PARTIR DAS NARRATIVAS DOS CAMPONESES ATINGIDOS POR EXPULSÕES NA SERRA DO CENTRO, MUNICÍPIO DE CAMPOS LINDOS –TO

Resumo

O presente estudo é parte da dissertação, apresentada ao Programa de Estudos em Cultura e Território no ano de 2019, que investigou o Direito à Terra e conflitos agrários na Comunidade Raposa, localizada na Serra do Centro, município de Campos Lindos-TO, a partir das narrativas de seus membros, acerca do processo judicial que enfrentaram e que resultou em tentativas de expulsão. O objetivo do trabalho foi orientado pela seguinte pergunta de pesquisa: Quais os efeitos que as tentativas de expulsão trouxeram ao modo de vida da Comunidade Raposa? Foram utilizadas, neste estudo, as categorias de análise território, identidade e cultura, o que nos possibilitou verificar os vínculos e características da Comunidade Raposa com o espaço ocupado, bem como nos levou a pensar em que medida foram afetados pelas ameaças de desterritorialização advindas de ações estatais e do agronegócio. Para a produção de dados adotamos a História Oral, por se apresentar como adequada em oportunizar a recomposição da situação vivenciada pelos sujeitos afetados pelas desocupações ou tentativas de expulsão.

Biografia do Autor

Jannine Castelo Branco GOMES, Universidade Federal do Tocantins

Possui graduação em Direito pela Faculdade Católica Dom Orione (2015). Especialização em Direito Público e Docência Universitária pela Faculdade Damásio (2016). Mestrado em Estudos de Cultura e Território pela Universidade Federal do Tocantins (2019).

Dernival Venâncio RAMOS JÚNIOR, Universidade Federal do Tocantins

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Goiás (2002), mestrado em História pela Universidade Federal de Goiás (2004) e doutorado em História pela Universidade de Brasília (2009). Pesquisador visitante no Tropical Conservation and Development da Universidade da Florida (2015) e Instituto de Migraciones (2019) da Universidade de Granada. Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Tocantins, atuando na graduação em História, no Programa de Pós-graduação em Estudos de Cultura e Território e Neuza-UF/Núcleo de Pesquisa e Extensão em Saberes e Práticas Agroecológicas. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Tempo Presente da América Latina e da Amazônia. Atua com pesquisa em extensão junto a comunidade tradicionais do Cerrado Amazônico, com ênfase em comunidades afetadas por grandes projetos de desenvolvimento como barragens e projetos agrícolas.

Publicado
2020-12-19
Seção
DOSSIÊ CULTURA E TERRITÓRIO NA AMAZÔNIA