A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

UMA PERSPECTIVA PARA O DESENVOLVIMENTO DE CAMPOS LINDOS (TO)

Resumo

O artigo enfatiza uma discussão com vistas à compreensão das dificuldades que levam alunos trabalhadores que frequentam as escolas públicas da cidade, a tomar a decisão de abandonar a Educação de Jovens e Adultos (EJA) para desenvolver atividades voltadas ao agronegócio de Campos Lindos (TO). O texto traz uma abordagem sobre os problemas existentes no cenário educacional, evidenciando que a infraestrutura pouco adequada das escolas públicas no município, bem como o planejamento da educação em Campos Lindos sem considerar a condição social dos estudantes, em especial dos jovens e adultos, o que não permite que se obtenha bons resultados, tanto para professores, quanto para estudantes. Alguns elementos de representação deste contexto estão nos baixos indicadores sociais, como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb), destacando na análise que os jovens e adultos que abandonam a EJA podem cooperar para a melhoria desses indicadores. A pesquisa é de abordagem quanti-qualitativa, com análise documental, entrevista semiestruturada como instrumento de geração de dados e o uso da cartografia temática. O suporte teórico estrutura-se, sobretudo, a partir de Minayo (2009), Sá-Silva, Almeida e Guindane (2009), Severino (2007), Martinelli (2009), Jolly (2004), Santos (2019), Prearo, Maraccini e Romeiro (2014,), Jannuzzi (2002), Bourdieu (2007), Freire (2007), Romanelli (1986), Haddad (2017), Haddad e Di Pierro (2000). Os dados revelaram que a educação tem participação significativa para que os indicadores sociais continuem com resultados baixos.

Biografia do Autor

Rosalia de Sousa Lima COSTA, Universidade Federal do Tocantins

Mestra pelo Programa de Pós Graduação em Estudos Interdisciplinares de Cultura e Território (PPGCULT). Graduada em Geografia pela Universidade Estadual do Tocantins (2001). Especialização Latu Sensu em Reengenharia de Projetos educacionais - gestão ambiental. Professora efetiva da rede estadual do Tocantins e rede municipal de Campos Lindos (TO). É pesquisadora voltada a área da educação, geografia, sociologia e tecnologia.

Vinicius Gomes de AGUIAR, UFT

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (2006), mestrado em Geotecnia e Construção Civil pela Universidade Federal de Goiás (2009) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal de Goiás (2015). Atualmente é docente do curso de licenciatura em Geografia da Universidade Federal do Tocantins, é membro do LabGeo - Laboratório de Geotecnologias - e do Neuza - Núcleo de Pesquisa e Extensão em Saberes e Práticas Agroecológicas - e atua como professor do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura e Território (PPGCult). Com experiência em trabalhos envolvendo conflitos ambientais, territoriais, cartografia e comunidades tradicionais.

Publicado
2020-12-19
Seção
DOSSIÊ CULTURA E TERRITÓRIO NA AMAZÔNIA