O LEITOR DE HISTORIAS EM QUADRINHOS DE SUPER-HEROIS – REFLEXÕES COM BASE NOS ESTUDOS CULTURAIS

  • Rubem Borges Teixeira Ramos Faculdade de Informacao e Comunicacao Universidade Federal de Goiás - UFG
Palavras-chave: Histórias em quadrinhos, leitores, leitura, estudos culturais,

Resumo

Histórias em quadrinhos podem ser encaradas como artefatos culturais, pois veiculam e expressam elementos e valores sociais pertinentes a vida e a existência cotidiana de vários indivíduos. Tendo por embasamento teórico Clifford Geertz e sua interpretação das culturas, o presente artigo tem por objetivo analisar a relação entre a leitura das histórias em quadrinhos de super-heróis da Marvel e/ou da DC Comics e o uso de informações e de conhecimentos ali presentes e veiculados, por parte de seus leitores, em aspectos e momentos inerentes a suas próprias vidas. Pretende-se demonstrar, através de depoimentos colhidos junto aos próprios leitores, que essa relação não somente existe, mas de fato se constitui em ato consciente do leitor, o qual e capaz de estabelecer conexões entre um ou mais conteúdos lidos nos quadrinhos e a aplicação do (s) mesmo (s) em um ou mais momentos ao longo de sua existência.

Publicado
2016-10-11
Como Citar
RAMOS, R. O LEITOR DE HISTORIAS EM QUADRINHOS DE SUPER-HEROIS – REFLEXÕES COM BASE NOS ESTUDOS CULTURAIS. Revista Temporis[ação] (ISSN 2317-5516), v. 16, n. 2, p. 383-409, 11 out. 2016.
Seção
DOSSIÊ HISTÓRIA EM QUADRINHOS