PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DE TRINDADE (GO)

  • Deusa Maria Rodrigues BOAVENTURA Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) https://orcid.org/0000-0003-4580-817X
  • Idaibes da Páscoa SILVA Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO)

Resumo

O presente artigo tem por objetivo discorrer sobre a preservação do patrimônio histórico cultural de Trindade, estado de Goiás, bem como refletir sobre sua trajetória de preservação em âmbito nacional. O estudo do patrimônio histórico cultural promove a valorização e a consagração daquilo que é comum a determinado grupo social no tempo e no espaço, visto o mesmo possuir significações relevantes por ser parte de sua construção histórica cultural. Busca-se, nesse sentido, compreender como a ideia de preservação do patrimônio histórico cultural de Trindade obteve seu reconhecimento, na esfera pública do governo brasileiro. O estudo ainda, evidencia a influência que a tradição da Romaria dos Carros de Bois, patrimônio histórico imaterial nacional, exerce sobre a cultura local, estadual e nacional, pois os carreiros, por pertencerem a uma tradição e viverem, ainda na área rural, conseguem reproduzir os costumes do passado. A peregrinação que os romeiros fazem todos os anos, tem a finalidade de pagar promessas, agradecer as bênçãos recebidas e reforçar seus votos de fé. Eles mantêm a tradição da Romaria dos Carros de Bois que se perpetua por mais de 170 anos.

 

PALAVRAS-CHAVE: Patrimônio histórico. Patrimônio cultural. Preservação. Memória nacional. Trindade.

Biografia do Autor

Deusa Maria Rodrigues BOAVENTURA, Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO)

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Católica de Goiás (1986),Especialista em Educação do Ensino Superior pela PUC-GO, especialização em História Cultural, pela Universidade Federal de Goiás; mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Engenharia de São Carlos- USP (2001) e doutorado em Arquitetura e urbanismo pela Universidade de São Paulo (2007). Atualmente é professora adjunto da Pontifícia Universidade Católica de Goiás ( PUC- Go) e Universidade Estadual de Goiás ( UEG). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em História da Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: história das cidades coloniais e contemporâneas. Atua também nos programas de mestrado em História e Planejamento Urbano e Territorial da PUC Go.

Idaibes da Páscoa SILVA, Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO)

Mestre em História pela Pontifícia Universidade Católica de Goias - PUC GO (2020); Licenciado em História pela Universidade Federal de Goiás (1998); Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Goiás (1994); Licenciado em Estudos Sociais pela Universidade de Rio Verde, Goiás - FESURV (1989); Especialista em Métodos e Técnicas de Ensino (2004) e Planejamento Educacional (2005) pela Universidade Salgado de Oliveira - Universo; Especialista em Direito Processual Civil, pelo Centro Universitário de Goiás (1996); Advogado Cível e Criminal - Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás (1995) OAB nº 14.746 e Professor da Secretaria da Educação de Goiás (1988), com experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil e História Geral; Especialização em Arquelogia e Patrimônio, Antropologia- EAD - FAVENI, cursando especialização em Palentologia e Cultura - Faculdade Souza.

Publicado
2021-06-28
Como Citar
BOAVENTURA, D. M.; SILVA, I. PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DE TRINDADE (GO). Revista Temporis[ação] (ISSN 2317-5516), v. 21, n. 01, p. 25, 28 jun. 2021.
Seção
DOSSIÊ EDUCAÇÃO PATRIMONIAL: HISTÓRICO, CONCEITOS E PROCESSOS