A COMUNIDADE QUILOMBOLA DONA JUSCELINA (MURICILÂNDIA, TO)

INVENTÁRIO, TURISMO E EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

Resumo

O presente artigo tem por objetivo apresentar o inventário patrimonial da comunidade Quilombola Dona Juscelina, localizada no município de Muricilândia, ao Norte do Estado do Tocantins. Metodologicamente, foi utilizado o “Inventário de Educação Patrimonial: inventários participativos” (IPHAN,2016), que consiste em um instrumento de educação patrimonial utilizado para catalogar as referências culturais de uma localidade ou região com grande potencial cultural. Essa ferramenta leva em consideração no processo comunidade a participação da local por meio de registros orais, documentais e fotográficos dos saberes dos entrevistados. O inventário trabalha dimensões do patrimônio material e imaterial dentro de uma estrutura composta por quatro partes: o livro de Registro dos Saberes, Livro de Registro das Celebrações, Livro de Registro das Formas de Expressão e Livro de Registro dos Lugares. A pesquisa contou com o relato dos Mestres Griôs da comunidade, que dentro da estrutura hierárquica do Quilombo, são os responsáveis por guardar e repassar os saberes e as tradições do quilombo. Portanto, o principal resultado obtido foi mostrar as potencialidades da comunidade para o desenvolvimento da atividade turística, com base na interpretação dos aspectos do patrimônio material e imaterial local, além ser uma alternativa de fonte de renda e proteção do legado cultural, que foi materializada em uma proposta turística, a qual espera contribuir para os estudos sobre comunidades tradicionais, educação patrimonial e roteiros culturais sustentáveis,  embasados na força da alteridade local.

Biografia do Autor

Khalla Ribeiro TUPINAMBÁ, Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Bacharel em Turismo pela Universidade Federal do Pará-UFPA (2006) e Mestre em Cultura & Turismo pela Universidade Estadual de Santa Cruz -UESC (2012) e Doutoranda em Antropologia pela Universidade Federal da Bahia-UFBA. É docente no quadro efetivo do curso de Gestão em Negócios e Turismo a Universidade Federal do Tocantins-UFT/Campus Araguaína desde 2014, no qual ministra as disciplinas Cultura e Arte Popular, Patrimônio Cultural entre outras. Participa do grupo de pesquisa BURITI - Bloco de Pesquisadores de Lazer e Turismo do Norte do Tocantins, em que é líder da linha de pesquisa Patrimônio cultural e etnoturismo no Norte do Tocantins e possui projetos interligados ao grupo, como: projeto de pesquisa Análise do legado do patrimônio cultural no Norte do Tocantins: memória, identidade e turismo, o qual abrange os projetos de extensão intitulados: Inventário turístico e patrimonial da comunidade quilombola Dona Jucelina Muricilândia/To e Mapeamento da identidade das vendedoras de Chambari do Mercado Municipal de Araguaína: Patrimônio imaterial e Turismo, nos quais está desenvolvendo publicações como resultados de pesquisa.

Ivanise Borges SOUSA, Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Possui Bacharelado em Turismo pela Universidade Estadual do Piauí (2011) e mestrado em Turismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2016). Atualmente é professora da Universidade Federal do Tocantins. Coordenadora do curso superior de Gestão em Turismo da Universidade Federal do Tocantins. Compõe o concelho da APA do Pé do Morro em Aragominas (TO). Tem experiência nas diversas áreas do Turismo com ênfase em Gestão, atuando principalmente nos seguintes temas: conta satélite do turismo, economia do turismo, tecnologia da informação, contabilidade social e sistema de informações gerenciais.

Publicado
2021-06-28
Como Citar
TUPINAMBÁ, K.; SOUSA, I. A COMUNIDADE QUILOMBOLA DONA JUSCELINA (MURICILÂNDIA, TO). Revista Temporis[ação] (ISSN 2317-5516), v. 21, n. 01, p. 25, 28 jun. 2021.
Seção
DOSSIÊ EDUCAÇÃO PATRIMONIAL: HISTÓRICO, CONCEITOS E PROCESSOS