O NEOLIBERALISMO E A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR (BNCC): aproximações contextuais

Resumo

Este artigo apresenta um estudo sobreo contexto histórico-social-político e econômico da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), no Estado neoliberal no Brasil, cujas políticas educacionais, têm a ingerência dos organismos internacionais. A BNCC configura-se em uma política de educação neoliberal, materializando-se como política normativa, visto que, esse documento apresenta implicações para a formação dos sujeitos em espaços escolares. Para isso, realizamos uma pesquisa documental e de cunho qualitativo, ancorada nas contribuições de Santos (2016), Höfling (2001) e Santomé (2003). Os principais resultados são: 1- A BNCC é parte do contexto de recrudescimento do neoliberalismo no Brasil; 2- A BNCC é de caráter homogeneizador, elitista e mecanicista; 3- ABNCC vem materializar os acordos firmados entre o Brasil e os organismos internacionais como o FMI e o BM para financiar a Educação Básica no país, submetendo a formação do aluno aos interesses do mercado de trabalho precarizado.

Publicado
2021-01-15
Seção
Artigos