Escrita feminina: uma forma de resistência

  • Romair Alves de Oliveira Universidade do Estado de Mato Grosso (UFMT)
  • Flávio Pereira Camargo Universidade Federal de Goiás (UFG)
Palavras-chave: Escrita. Resistência. Autoria feminina.

Resumo

A produção literária de autoria feminina é um dos lugares possíveis para se traçar uma história do papel desempenhado pelo feminino no contexto social e cultural através dos séculos, no qual a mulher, na medida do possível, se revela através de sua escrita presente nas diversas áreas da sociedade. Este artigo pretende, sob uma nova ótica, discutir o que por muito tempo se abordou sobre a existência de uma escrita feminina mesmo de natureza essencialista e muitas vezes relegadas à margem da autoria masculina, bem como caracterizada por discursos com marcas genuínas de voz de autoria feminina levando-se em conta variações possíveis de análise de uma nova literatura de resistência feminista.

Biografia do Autor

Romair Alves de Oliveira, Universidade do Estado de Mato Grosso (UFMT)

Doutor em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (2008). Atualmente é professor adjunto da Universidade do Estado de Mato Grosso e Pós-Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Faculdade de Letras, da Universidade Federal de Goiás, sob a orientação do Prof. Dr. Flávio Pereira Camargo. E-mail: romairoliveira@gmail.com.

Flávio Pereira Camargo, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Doutor em Letras e Linguística pela UFG e em Literatura pela UnB. Pós-doutor em Estudos Literários pela UFMG e em Letras pela Universidade Nova de Lisboa/Portugal. Atualmente é professor adjunto de Literatura Brasileira da Universidade Federal de Goiás, com atuação na Graduação e na Pós-Graduação em Letras e Linguística. E-mail: camargolitera@gmail.com.

Como Citar
Oliveira, R., & Camargo, F. (1). Escrita feminina: uma forma de resistência. Via Litterae (ISSN 2176-6800): Revista De Linguística E Teoria Literária, 7(2), 329-349. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/vialitterae/article/view/4799