ALGUMAS LINHAGENS FAMILIARES ANCESTRAIS DE BERNARDO ÉLIS

  • Nilson Gomes Jaime Instituto Cultural e Educacional Bernardo Élis para os Povos do Cerrado (ICEBE) / Instituto Histórico e Geográfico de Goiás (IHGG)

Resumo

Bernardo Élis tinha ciência de sua origem portuguesa, através da família Fleury/Coelho, e bandeirante, por meio de Bartolomeu Bueno da Silva, o segundo Anhanguera. Entretanto suas linhagens ancestrais se estendem aos tempos do descobrimento do Brasil, através do luso João Ramalho e do Cacique Tibiriçá, maioral dos índios Guaianás e protetor dos Jesuítas nos campos de Piratininga, por ocasião da fundação da Vila de São Paulo, em 1554. Neste trabalho são apresentadas quatro linhagens ancestrais de Bernardo Élis, elucidando suas origens portuguesa, hispânica, indígena e mameluca-bandeirante, mistura étnica que forjou a têmpera e a fleuma do grande escritor regionalista nascido em Goiás. 

Palavras-chave: Bernardo Élis. Genealogia. Fleury Curado. Família.

Biografia do Autor

Nilson Gomes Jaime, Instituto Cultural e Educacional Bernardo Élis para os Povos do Cerrado (ICEBE) / Instituto Histórico e Geográfico de Goiás (IHGG)

Engenheiro Agrônomo, mestre e doutor em agronomia pela Universidade Federal de Goiás (UFG), é ex-professor desta instituição, historiador, genealogista e escritor, autor de quatro livros e coautor de outros quatro. Participa como membro titular do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás (IHGG); da Academia Pirenopolina de Letras, Artes e Música (Aplam); da Academia Goianiense de Letras (AGnL); conselheiro da Associação Goiana de Imprensa (AGI); vice-presidente do Instituto Bernardo Élis para os Povos do Cerrado (Icebe); e presidente da Academia Palmeirense de Letras, Artes, Música e Ciências (Aplamc).

Publicado
2020-11-26