O PNE E A EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL

EXPANSÃO, INTERIORIZAÇÃO E PRIVATIZAÇÃO (2014-2018)

  • André Rodrigues Guimarães Universidade Federal do Amapá
  • Francisco Orinaldo Pinto Santiago Universidade Federal do Amapá
  • Ilma de Andrade Barleta Universidade Federal do Amapá
  • Leila Pio Mororó Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar o processo de expansão e interiorização da educação superior no Brasil, no contexto de vigência inicial do Plano Nacional de Educação, Lei n. 13.005/2014. Trata-se de pesquisa fundamentada no materialismo histórico-dialético cujo os dados analisados foram extraídos do Censo da Educação Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, órgão vinculado ao Ministério da Educação. Para tanto, considera-se especificamente as categorias de conteúdo expansão, interiorização, público e privado, com base nos dados da evolução no número de Instituições, Cursos e matrículas na educação superior no período de 2014 a 2018. A análise mostrou que a política de expansão da educação superior induzida pela meta 12 do PNE vigente apresenta traços de continuidade e aprofundamento da lógica de mercado na educação.

Publicado
2020-11-05
Seção
Dossiê: Políticas para educação superior e Plano Nacional de Educação