LEITURA DE SUCESSO

OS DIZERES SOBRE A LEITURA COMO EFEITO DE SUCESSO

  • Thiago Barbosa Soares UFT
  • Damião Boucher UFT

Resumo

Este artigo tem por principal objetivo analisar o como e o que se diz da leitura, especialmente no tocante à leitura como lugar privilegiado de engendramento de efeitos de sucesso. Para tanto, recenseamos algumas importantes concepções de leitura e suas respectivas relações com a formação do leitor e cotejamo-las com os dizeres contemporâneos sobre o referido objeto, a fim de viabilizar os diferentes trajetos entre a leitura como “gesto de ler o mundo” e como “ascensão econômica”. Para tal empreendimento, utilizaremos o referencial teórico-metodológico da Análise do Discurso de linha pecheutiana para compreendermos como tais dizeres sobre a leitura formam uma rede de sentidos (sobre o livro, a leitura e especificamente a literatura de autoajuda) que se entrecruzam de tal forma a transformar a leitura em um objeto indispensável para que o sujeito-leitor seja bem-sucedido. Como corpus, analisamos, em filigrana, os dizeres da matéria publicada pela revista-online, Época negócios, intitulada O hábito que ajudou Bill Gates, Warren Buffett e Oprah Winfrey alcançarem o sucesso, de 10 de agosto de 2016, bem como outros recortes de diferentes veículos midiáticos, com vistas a apontar como essas redes de sentidos funcionam para construir efeitos de sucesso.

Biografia do Autor

Damião Boucher, UFT

Licenciatura em Letras - Português e Inglês e Respectivas Literaturas pela Universidade Federal do Tocantins; Pós-graduado em Análise do Discurso Político e Jurídico pela Faculdade Unyleya do Rio de Janeiro; Pós-graduado em Psicologia Junguiana pela Faculdade Unyleya do Rio de Janeiro; Mestrando em Letras com atuação nas áreas de Texto, Discurso e História pela Universidade Federal do Tocantins

Publicado
2020-05-21
Seção
Dossiê: LEITURA: um tema a muitas mãos