“Política de consenso” a contragosto: contributo histórico-crítico à formação de professores em Educação Física

Palavras-chave: Currículo, Política de educação superior, Educação Física

Resumo

O presente artigo busca apreender, na Pedagogia Histórico-Crítica (PHC), uma alternativa teórico-pedagógica, ante os princípios adotados pelas Diretrizes Curriculares da Educação Física (DCNEF), para a formação de professores nesta área. Para tanto, valendo-se da Pesquisa Bibliográfica como tipologia por delineamento, contextualiza numa primeira seção o pa norama conflituoso que tem cerceado, nos últimos anos, a especificidade das políticas que parametrizam a formação de professores nesta área. Por conseguinte, apreende influentes elementos articulados às políticas educacionais da década de 1990 que implicam no campo do pensamento educacional brasileiro e, consequentemente, nos fundamentos da educação que permeiam a formação de professores em Educação Física. O esforço de síntese paira sobre o enaltecimento de subsídios teóricos advindos de uma teoria pedagógica progressista revolucionária, a PHC, em contraproposta à direção tomada pela formação de professores em Educação Física.

Publicado
2020-06-19
Como Citar
MAIA, J. C.; SACARDO, M. “Política de consenso” a contragosto: contributo histórico-crítico à formação de professores em Educação Física. Praxia - Revista on-line de Educação Física da UEG, v. 2, p. e2020009, 19 jun. 2020.
Edição
Seção
Artigos Originais