A escola como comunidade aprendente interdependente

  • Maria Cristina Damianovic (UFPE) Universidade Federal de Pernambuco
  • Tânia Diogo (UFPE) Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Marcelo Costa (UFPE) Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Resumo

Este artigo objetiva analisar o papel da argumentação (LEITÃO, 2011) no processo crítico-colaborativo (LIBERALI, 2011) da capacidade coletiva de criar transformações e inovações organizacionais (ENGESTROM, 2010) na escola. Será analisado como uma professora-diretora de uma escola pública, o vigia dessa escola e outros membros da comunidade escolar agem, de forma interdependente.  À luz da Linguística Aplicada (LIBERALI, 2011), esses indivíduos desenvolverão a produção e a compreensão sócio-histórico-cultural da linguagem para construir alternativas de ações que superem o vácuo social das dificuldades de comunicação entre seres humanos nas diversas esferas de vida que concretizam as ações humanas na escola. Será realçado como a teoria da atividade sócio-histórico-cultural pode ser utilizada para aquilatar a comunidade aprendente distribuída na intencionalidade coletiva (ENGESTROM, 2010).

Biografia do Autor

Maria Cristina Damianovic (UFPE), Universidade Federal de Pernambuco
É professora do Programa de Pós-Graduação em Letras e do Departamento de Letras da Universidade Federal de Pernambuco. Coordena o Grupo de Pesquisa LIGUE: Linguagem, Línguas, Escola e Ensino
Tânia Diogo (UFPE), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Doutoranda em Letras/Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com pesquisa em Linguística Aplicada; argumentação colaborativa e formação de professores. É Mestre em Letras/Linguística pela UFPE. Possui Licenciatura Plena em Letras. É professora do curso de Letras da Faculdade Luso-Brasileira (FALUB). E-mail: diogotania@hotmail.com.
Marcelo Costa (UFPE), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Mestre em Letras/ Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). E-mail: marcelar@hotmail.com.
Publicado
2017-05-06
Como Citar
Damianovic (UFPE), M. C., Diogo (UFPE), T., & Costa (UFPE), M. (2017). A escola como comunidade aprendente interdependente. Via Litterae (ISSN 2176-6800): Revista De Linguística E Teoria Literária, 8(2), 303-325. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/vialitterae/article/view/6174
Seção
Linguística