NEM POETA NEM POLÍTICO: REALIZAÇÃO E CASAMENTO EM “AURORA SEM DIA”, DE MACHADO DE ASSIS

  • Cilene Margarete Pereira Colégio Sagrado Coração de Jesus
Palavras-chave: Narrativa. Imagem amorosa. Casamento. Machado de Assis.

Resumo

Este ensaio propõe uma leitura do conto “Aurora sem dia”, de Machado de Assis, enquanto imagem amorosa de exceção nas narrativas de Contos Fluminenses e Histórias da meia noite, já que Luís Tinoco, protagonista da narrativa, consegue, depois de incursões frustradas nos terrenos da poesia e da política, conjugar casamento e realização pessoal. 

Biografia do Autor

Cilene Margarete Pereira, Colégio Sagrado Coração de Jesus
Doutora em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora de Língua Portuguesa e Literaturas Brasileira e Portuguesa no Colégio Sagrado Coração de Jesus, Campinas.

 

Como Citar
Pereira, C. (1). NEM POETA NEM POLÍTICO: REALIZAÇÃO E CASAMENTO EM “AURORA SEM DIA”, DE MACHADO DE ASSIS. Via Litterae (ISSN 2176-6800): Revista De Linguística E Teoria Literária, 2(1), 176-188. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/vialitterae/article/view/5411
Seção
Teoria Literária