Marcas de monitoramento na enunciação da linguagem da criança

  • Marlete Sandra Diedrich professora de Linguística no curso de Letras Universidade de Passo Fundo (UPF-RS)
Palavras-chave: Enunciação. Discurso oral. Monitoramento

Resumo

O propósito deste texto é, na perspectiva epistemológica da Teoria da Enunciação, discutir a forma como a criança se constitui como sujeito do seu discurso. Para tanto, focalizamos nosso interesse nas marcas de monitoramento do discurso infantil, capazes de revelar a singularidade de cada enunciação produzida pela criança sujeito da pesquisa. Percebemos, com nossa análise, que tais marcas apontam para a tentativa de o falante controlar o seu dizer em função das características presentes e decorrentes do aqui-agora do ato enunciativo.

Biografia do Autor

Marlete Sandra Diedrich, professora de Linguística no curso de Letras Universidade de Passo Fundo (UPF-RS)

Mestre em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), professora de Linguística no curso de Letras Universidade de Passo Fundo (UPF-RS)

Como Citar
Diedrich, M. (1). Marcas de monitoramento na enunciação da linguagem da criança. Via Litterae (ISSN 2176-6800): Revista De Linguística E Teoria Literária, 4(1), 97-106. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/vialitterae/article/view/5345
Seção
Linguística