Variante linguística dos nipo-brasileiros falada na região de Dourados (MS): interfaces do contexto diglóssico dos nikkeis

  • André Suehiro Matsumoto (IFMS) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS)
  • Elza Sabino da Silva Bueno (UEMS) UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.
Palavras-chave: Nikkeis. Diglossia. Identidade.

Resumo

Ao valorizar o discurso oral como elemento pelo qual se pode perceber a identidade cultural de uma etnia, o presente estudo demonstra a tensão diglóssica vivenciada pelos nikkeis na região de Dourados, constatada por meio do registro de sua fala. Nesse sentido, a pesquisa se ancora em recursos teórico-metodológicos dos estudos da sociolinguística laboviana que analisa as variações ocorridas na língua decorrentes de variantes linguísticas ou sociais (LABOV, 2008/1983; FERGUSON, 1974; TARALLO, 2007). Diante disso, ao verificar o cenário sociolinguístico da comunidade, realizamos uma análise da frequência do uso das línguas japonesa e portuguesa. Consequentemente, os resultados esperados, a partir deste estudo, visam a resgatar o falar nipo-brasileiro e, assim, demonstrar o processo de construção identitária desse grupo étnico através de seus registros linguísticos, interligando, nesse contexto, questões de identidade, história, linguagem e sociedade.

Biografia do Autor

André Suehiro Matsumoto (IFMS), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS)

Mestre em Letras pela UEMS, área de concentração em Estudos Linguísticos. Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS). CV: http://lattes.cnpq.br/7701590480054965. E-mail: andre.suehiro@gmail.com.

Elza Sabino da Silva Bueno (UEMS), UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Doutora em Letras pela UNESP. Professora da graduação e pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), unidade de Dourados (MS). Coordenadora do PROFLETRAS/UEMS/Dourados.  CV: http://lattes.cnpq.br/4219111767452644.  E-mail: elza@uems.br.

Publicado
2018-10-01
Como Citar
Matsumoto (IFMS), A., & Bueno (UEMS), E. (2018). Variante linguística dos nipo-brasileiros falada na região de Dourados (MS): interfaces do contexto diglóssico dos nikkeis. Via Litterae (ISSN 2176-6800): Revista De Linguística E Teoria Literária, 9(1), 59-81. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/vialitterae/article/view/4762
Seção
Linguística