CORRIDA DO OURO, GARIMPO E FRONTEIRA MINERAL NA AMAZÔNIA

  • Luiz Jardim Wanderley Universidade Federal Fluminense (UFF)

Resumo

Resumo:  O presente artigo é uma reflexão teórica e geral que busca aplicar as noções de corrida e fronteira para entender o fenômeno da mineração de ouro na Amazônia, em especial a garimpeira. Ao longo do trabalho, abordamos processos atuais e passado relacionados a atividade mineral aurífera na região, desde a segunda metade do século XX: a emergência de garimpos, a chegadas das mineradoras e as transformações socioespaciais decorrentes. Neste artigo, defendemos que a corrida do ouro foi um processo que ocorreu na Amazônia brasileira no final do século XX e que na atualidade os processos migratórios decorrentes de novas descobertas se limitam a surtos pontuais, de curta duração ou de baixo contingente populacional. Além disso, concluímos que a expansão da fronteira mineral foi um importante processo na organização e ocupação do espaço amazônico e que ela se encontra ativa hoje, em diferentes estágios em distintas zonas da região Amazônica, variando do garimpo ilegal, desregulado à atuação das grandes mineradoras transnacionais. Assim como, não se restringe aos limites do território nacional, sendo um fenômeno Pan-amazônico.   

Palavras-Chave: Mineração de ouro. Amazônia. Corrida. Fronteira. Garimpo.

 

Abstract: This article is a theoretical reflection that seeks to use the notions of rush and frontier to understand the phenomenon of gold mining extraction in the Amazon, especially the small-scale mining. We approached current and past processes related to gold mining activity in the region, since the second half of the 20th century: the emergence of artisanal miners, the arrivals of mining companies and the socio-spatial transformations.  In this article, we defend the hypothesis that the gold rush was a process that occurred in the Brazilian Amazon at the end of the 20th century and that the current migratory processes resulting from new discoveries are limited to specific outbreaks, of short duration or low population contingent. In addition, we conclude that the expansion of the mineral frontier was an important process in the organization and occupation of Amazonian space and that it is still active, in different stages and areas of the Amazon region, from illegal small-scale mining to the large transnational mining companies. As well, it is no longer restricted to the boundaries of the national territory, being a Pan-amazon phenomenon.

Keywords: Gold Mining. Amazon. Rush. Frontier. Small-Scale Mining.

Biografia do Autor

Luiz Jardim Wanderley, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Professor na Universidade Federal Fluminense (UFF)

 

Publicado
2019-12-17