EXTRATIVISMO MINERAL, CONFLITOS E RESISTÊNCIAS NO SUL GLOBAL

  • Ricardo Junior de Assis Fernandes Gonçalves Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Bruno Milanez Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Resumo

Resumo: O objetivo deste texto é apresentar uma reflexão baseada na temática do Dossiê Extrativismo mineral, conflitos e resistências no sul global. Destacam-se resultados de pesquisas que compreendem a relação entre extrativismo mineral, populações tradicionais, conflitos e ações de resistências em distintos territórios do Brasil e demais países localizados no sul global. A primeira parte situa o debate na análise do processo de expansão das fronteiras de extração mineral e do neoextrativismo na América Latina e, por extensão, no Sul Global. A segunda parte sublinha as escalas dos conflitos resultantes da territorialização e expansão da megamineração. Na terceira, por sua vez, a centralidade trata das diferentes experiências de resistências à mineração no sul global, com foco em países da América Latina. Em resumo, com este texto de apresentação e o conjunto de artigos que compõem o Dossiê, espera-se estimular o debate no campo científico e, na mesma medida, contribuir para dar visibilidade às lutas dos movimentos sociais, trabalhadores e comunidades que confrontam o modelo mineral atado na hegemonia política e econômica das grandes corporações.

Palavras-chave: Território. Mineração. Neoextrativismo. Conflitos. Resistências.

 

Abstract: In this text, we present some thoughts about the topics of this Special Issue on Mineral Extractivism, conflicts and resistance in the Global South. We call attention to the results presented by the authors about the relationship between mineral extractivism, traditional peoples, conflicts and contestation in different areas within Brazil and other countries from the Global South. We start the text analysing the expansion process of the mineral frontier and Neoextrativism in Latin America and other countries of the Global South. Then, we look at the different scales of conflicts around the territorialisation and expansion of mega-mining projects. In the third part, we look at diverse experiences of resistance against mining projects. In summary, this introductory text and the following articles aim at stimulating the scientific debate and, at the same time, contributing to strengthening the struggles of social movements, workers and communities that face the current extractivist framework, which is linked to the political and economic dominance of large corporations.

Keywords: Territories. Mining. Neoextractivsm. Conflicts. Resistance.

Biografia do Autor

Ricardo Junior de Assis Fernandes Gonçalves, Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Professor Doutor dos Cursos de Graduação (Campus Iporá) e Pós-Graduação Stricto Sensu (Campus Cora Coralina) em Geografia da Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Bruno Milanez, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Professor na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Publicado
2019-12-17