EDUCAÇÃO AMBIENTAL ALÉM DO MEIO AMBIENTE: CONSIDERAÇÕES SOBRE RELAÇÕES SOCIOPOLÍTICAS NOS MODELOS DE ENSINO

  • Marco Antônio Pereira de Sá Universidade Estadual de Goiás, Câmpus Anápolis de Ciências Exatas e Tecnológicas - Henrique Santillo
  • Camila Aline Romano Universidade Federal de Goiás, Campus Colemar Natal e Silva
  • Mirza Seabra Toschi Universidade Estadual de Goiás, Unidade Universitária de Ciência Sócio-Econômicas e Humanas.
Palavras-chave: Ambient, Ensino, Sociedade, Política,

Resumo

Existem diferentes concepções de Educação Ambiental. Cada concepção é formulada conforme os interesses de um dado grupo ou momento social. Lucie Sauvé, em “Uma cartografia das correntes em Educação Ambiental”, descreve os princípios dos quais partem as principais ideias que circundam os discursos em EA. Neste trabalho, fez-se uma breve revisão sobre os modelos de EA, confrontando o modelo hegemônico capitalista com a concepção política. As discussões foram norteadas a partir das correntes descritas por Sauvé. Entendeu-se que a EA fundamentada na crítica social busca superação de uma visão ingênua e fragmentada dentro do processo educativo, propiciando a aquisição de ferramentas culturais que se direcionem contra valores capitalistas, no qual degrada o coletivo e deturpa os reais objetivos da EA. A concepção política da EA permite que vejamos as questões sociais de modo crítico, vendo o mundo determinado historicamente, sendo movido por interesses e conflitos sociais. A construção de uma proposta política dentro da EA deve ser realizada coletivamente, levando em consideração a problematização das questões sociais, na qual se insere o educando.

Biografia do Autor

Marco Antônio Pereira de Sá, Universidade Estadual de Goiás, Câmpus Anápolis de Ciências Exatas e Tecnológicas - Henrique Santillo
Mestrando em Recursos Naturais do Cerrado pela Universidade Estadual de Goiás
Camila Aline Romano, Universidade Federal de Goiás, Campus Colemar Natal e Silva

Licenciada em Ciências Biológicas

Mirza Seabra Toschi, Universidade Estadual de Goiás, Unidade Universitária de Ciência Sócio-Econômicas e Humanas.
Professora
Publicado
2016-05-02
Seção
Humanidades