A DICOTOMIA NO ENSINO DE GRAMÁTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUA PORTUGUESA E SUA ATUAÇÃO

  • Monalisa Alves Domingues Universidade Estadual de Goiás
  • Maria Piedade Feliciano Cardoso Universidade Estadual de Goiás

Resumo

O presente artigo tem como objetivo refletir sobre como o professor é orientado em relação ao ensino de gramática durante a sua formação acadêmica e como se efetiva o ensino ministrado por esses professores, uma vez que se observou, a partir das aulas no período de Estágio de Língua Portuguesa, divergências no ensino de gramática na formação de professores e em sua atuação. Para tal, baseou-se nos estudos de Neves (1990, 2002), Possenti (1996), Simka (2000), Bagno (2007a, 2007b), entre outros. A metodologia deste trabalho deu-se por meio de pesquisa realizada com acadêmicos do 8º período, da Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Câmpus Iporá, a fim de compreender como os professores de Língua Portuguesa são formados, como (e se) entendem a gramática normativa, se concebem como necessário seu ensino e, principalmente, se esses professores se sentem preparados para ensinar gramática a seus alunos. Para tanto, foram aplicados questionários para esses sujeitos, durante o período de formação e após a graduação, a fim de verificar se os conceitos e metodologia de ensino de gramática vistos na universidade são aplicados em suas práticas e se são viáveis. Almeja-se que a pesquisa contribua para uma discussão quanto ao modo como a gramática é explorada na formação dos acadêmicos em Língua Portuguesa e, consequentemente, que essa contribuição reflita em suas práticas em sala de aula.

 Palavras-chave: Formação de professores; gramática; graduação.

Biografia do Autor

Monalisa Alves Domingues, Universidade Estadual de Goiás

Graduada em Letras – Português/Inglês da Universidade Estadual de Goiás – UEG/Unidade Universitária de Iporá.

Maria Piedade Feliciano Cardoso, Universidade Estadual de Goiás

Graduada em Letras: Português/Inglês e Literaturas correspondentes, Especialista em Planejamento Educacional, Supervisão Educacional e Língua Portuguesa. Coordenadora Pedagógica da 2ª Fase do Ensino Fundamental e Médio do Colégio Exato de Iporá; Professora de Redação no Colégio Exato; Professora de Língua Portuguesa no Colégio Estadual Ariston Gomes da Silva, Professora de Linguística I, II e II, Prática de Ensino e Estágio Supervisionado do Curso de Letras da UEG, Unidade Universitária de Iporá, Tutora do Curso de Pedagogia EAD ministrado pela UNOPAR Universidade Norte do Paraná, em convênio com o Colégio Exato. 

Publicado
2021-07-07
Seção
Número Especial Linguagens e Educação