A PERSONAGEM ANASTÁCIA:

INSTANTES DE EROTISMO EM O TRONCO

  • Nismária Alves David Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Resumo

Este artigo focaliza a personagem Anastácia de O Tronco, de Bernardo Élis, com o objetivo de analisar os instantes de erotismo vinculados à sua imagem. Foi feito um recorte dessas passagens no enredo e fez-se a revisita da definição do termo erotismo, principalmente, fundamentada em Georges Bataille (1987). Ao buscar responder a pergunta “como se dá a expressão do erotismo neste romance”, este estudo constata que o narrador em terceira pessoa onisciente, por meio do discurso indireto livre, expõe os pensamentos e os dramas da consciência das personagens, especialmente do protagonista Vicente Lemes. Desse modo, o escritor transita da denúncia social para os conflitos individuais, desvelando o psicológico, o mais íntimo da condição humana.

Palavras-chave: Romance. Erotismo. Personagem.

Biografia do Autor

Nismária Alves David, Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Professora do Curso de Letras da Universidade Estadual de Goiás (UEG) - Pires do Rio. Programa do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade (POSLLI).

Publicado
2020-11-14