O CONTO A ENXADA DE BERNARDO ÉLIS E PRECEITOS MORAIS:

O HOMEM DO CAMPO ENTRE A FRONTEIRA DA REPRESENTAÇÃO LITERÁRIA E HISTÓRICA

  • Cleiton Oliveira Instituto Cultural e Educacional Bernardo Élis para os Povos do Cerrado (ICEBE)

Resumo

O presente artigo apresenta o personagem Supriano (Piano) do conto A Enxada, de Bernardo Élis, como representante das qualidades morais – da “nobreza rural” – apontadas por Oliveira Vianna – sendo elas a fidelidade à palavra dada, a probidade, a respeitabilidade e a independência moral.

Palavras-chave: Bernardo Élis. Conto A Enxada. Oliveira Vianna. História e Literatura. Nobreza Rural.

Biografia do Autor

Cleiton Oliveira, Instituto Cultural e Educacional Bernardo Élis para os Povos do Cerrado (ICEBE)

Bacharel e licenciado em História, especialista em História do Brasil pela Universidade Federal de Goiás. Professor da rede estadual de ensino. Sócio Correspondente do Instituto Cultural e Educacional Bernardo Élis para os povos do Cerrado (ICEBE)

Publicado
2020-11-14