QUALIDADE DE VIDA NO ENVELHECIMENTO HUMANO

  • Daniela Gallon Correa
  • Claudio Joaquim Borba-Pinheiro
  • Estélio Henrique Martin Dantas
Palavras-chave: Envelhecimento, qualidade de vida, políticas públicas

Resumo

Em um país em que se evidencia o crescimento de uma população da terceira idade, é fundamental que políticas públicas sejam desenvolvidas e implementadas para manutenção de sua qualidade de vida. Representando um percentual considerável que hoje é capaz de contribuir de forma significativa com o sustento da família, a terceira idade no Brasil tem se mostrado pró-ativa e disposta a se reintegrar no mercado de trabalho, aumentando sua autonomia e resgatando sua independência assim como sua auto-estima, à medida que seu grau de socialização torna-se mais intenso. Nesse sentido, cabem aos poderes público e privado estabelecer condições de infra-estrutura que favoreçam a realização plena das atividades a que estão inseridos os idosos. Transporte público adequado, áreas de lazer, hospitais com profissionais capacitados no atendimento especializado, entre outros.

A presente revisão de literatura tem por objetivo mostrar a inserção da qualidade de vida no processo de envelhecimento, bem como seus desafios e perspectivas para um Brasil onde se evidencia tal fenômeno social, no qual há necessidade de mobilização da sociedade em prol do atendimento dos idosos.

Publicado
2013-02-20
Como Citar
CORREA, D.; BORBA-PINHEIRO, C.; DANTAS, E. H. QUALIDADE DE VIDA NO ENVELHECIMENTO HUMANO. Praxia - Revista on-line de Educação Física da UEG, v. 1, n. 1, p. 37-52, 20 fev. 2013.
Seção
Artigos de Revisão