O processo de transição dos anos iniciais para os anos finais no ensino fundamental

  • Jamisson da Silva Angelo ESCOLA PÚBLICA

Resumo

O presente artigo apresenta algumas reflexões a respeito da transição entre as duas etapas do Ensino Fundamental: Anos Iniciais (5º ano) e Anos Finais (6º ano) que é considerada de grande relevância pelos debates em educação atuais, principalmente a partir da BNCC (2017). Assim, busca analisar a complexidade que envolve a passagem dos estudantes do 5º para o 6º ano do Ensino Fundamental, bem como os impactos dessa transição no processo de ensino, no sentido de suavizar a ruptura em relação a este momento de transição. O objetivo geral deste estudo foi investigar quais os fatores que influenciam e impedem a articulação entre os Anos Iniciais e Anos Finais do Ensino Fundamental, suas implicações no ensino-aprendizagem dos estudantes e atitudes pedagógicas que subsidiem a prática docente para amenizar as dificuldades de adaptação no 6º ano. A metodologia utilizada foi uma pesquisa qualitativa, com estudos exploratórios, por meio de revisão bibliográfica. Os alunos do 5º ano apresentam ansiedade e insegurança em relação à nova escola, aos novos professores e às disciplinas ofertadas. Sugere-se às escolas planejarem ações que facilitem a adaptação dos estudantes no novo ambiente escolar e, em relação às políticas educacionais, há necessidade do diálogo entre as mantenedoras e a oferta de formação continuada para professores do 5º e do 6º ano.

 

Palavras-chave: Ensino Fundamental; Transição; Educação Básica.

Publicado
2021-10-08
Seção
Primeiras Letras