Abraçando a mudança: a criação de comunidades de aprendizado

Resumo

Este trabalho propõe reflexões discursivas críticas sobre práticas de leitura e oralidade no contexto do Ensino Médio. Nossas análises se voltam para o Programa Mulheres Inspiradoras (PMI), uma iniciativa pedagógica que se baseia em diferentes ações formativas, com destaque para as práticas de leitura crítica e escrita autoral. Focalizamos especificamente o potencial agenciador da roda de leitura e de conversa para a criação de comunidades de aprendizado. Os dados empíricos, de natureza etnográfico-discursiva, foram gerados em notas de campo, observações de aulas e relatos escritos por estudantes em diário de bordo. As análises evidenciam que, nas rodas de leitura e de conversa, as relações de poder, próprias à ordem do discurso pedagógico colonial, cederam espaço para interações mais colaborativas. Essas práticas discursivo-identitárias, envolvendo o debate sobre gênero em perspectiva interseccional, constituíram estratégia sociopedagógica produtiva em termos de potencial agenciador, porque a aula se tornou predominantemente interativa e os/as estudantes protagonizaram as participações, na perspectiva da comunidade de aprendizado.

Biografia do Autor

Atauan Soares de Queiroz, Instituto Federal da Bahia (IFBA)

Doutor em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB). Professor de Língua Portuguesa do Instituto Federal da Bahia (IFBA).

 Lattes iD: http://lattes.cnpq.br/3923805819866846

Orcid iD:  https://orcid.org/0000-0001-5550-0756

E-mail: atauansoares@gmail.com

Juliana de Freitas Dias, Universidade de Brasília (UnB)

Doutora em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB). Professora do Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade de Brasília (PPGL/UnB).

Lattes iD: http://lattes.cnpq.br/2619929161240727

Orcid iD: https://orcid.org/0000-0002-5930-5015

E-mail: ju.freitas.d@gmail.com

Publicado
2019-12-30
Como Citar
de Queiroz, A., & Dias, J. (2019). Abraçando a mudança: a criação de comunidades de aprendizado. Via Litterae (ISSN 2176-6800): Revista De Linguística E Teoria Literária, 11(2), 197-223. https://doi.org/10.5281/zenodo.4281031
Seção
Linguística