Sartre, Educação e Linguagem

Resumo

Realizar o diálogo entre a filosofia de Sartre e o tema da educação se constitui em um grande desafio, pois Sartre não interrogou, nem escreveu texto algum sobre essa questão. Esse estudo é resultado de reflexões realizadas a partir de alguns textos filosóficos da obra sartriana, de modo que com eles realizei leituras e discussões mais aproximadas, o que não impediu de ir a outros de seus textos, conforme o estudo foi se desenvolvendo. O maior desafio foi relacionar ao campo da educação uma discussão filosófica não dirigida a esse propósito, desafio inerente àqueles que buscam pensar a educação numa compreensão de não aceitação do que está instituído, um caminho que está por se fazer a todo momento.

Biografia do Autor

Liliane Barros de Almeida, Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Graduada em Pedagogia. Doutora em Educação pela Universidade Federal de Goiás. Professora efetiva da Universidade Estadual de Goiás.

Lattes iD: http://lattes.cnpq.br/1764901026226307

Orcid iD: https://orcid.org/0000-0001-5241-1790

E-mail: liliane.cardoso@ueg.br

Publicado
2020-11-19
Como Citar
de Almeida, L. (2020). Sartre, Educação e Linguagem. Via Litterae (ISSN 2176-6800): Revista De Linguística E Teoria Literária, 11(2), 143-155. https://doi.org/10.5281/zenodo.4280886
Seção
Linguística