PAISAGENS CULTURAIS E TERRITÓRIOS IDENTITÁRIOS DA BACIA DO RIO CALDAS:

UMA PROPOSTA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E LEITURA SOCIOESPACIAL

  • Benjamim Pereira Vilela Instituto Federal de Goiás - IFG – Campos Senador Canedo

Resumo

Discute-se sobre os territórios identitários da Bacia do Rio Caldas e parte-se para uma proposta de educação ambiental transformadora nesses diferentes territórios. Nesse sentido, busca-se o conceito de identidade na comunidade da Bacia do Rio Caldas e como esta acaba se fragmentando com a chegada da indústria e do capitalismo. Objetiva-se também propor  elementos iniciais para investigar as múltiplas facetas territoriais e identitárias presentes na Bacia do Rio Caldas, com fins de subsidiar a implementação de ações em Educação Ambiental no âmbito da bacia. Conclui-se que é necessário compreender os múltiplos territórios identitários presentes na bacia, com vistas a implementação do projeto em Educação Ambiental, e percebe-se que esse projeto só será concretizado com a realização e aprofundamento nas variações territoriais em escalas geográficas pequenas, para que se possa dimensionar as diversas frentes da Educação Ambiental.

Palavras-chave: Bacia do Rio Caldas. Educação Ambiental. Identidade local.

Biografia do Autor

Benjamim Pereira Vilela, Instituto Federal de Goiás - IFG – Campos Senador Canedo



Publicado
2020-08-29
Seção
Artigos