TEMPORALIDADES DA VIAGEM EM MICHEL ONFRAY:

MÍDIAS DIGITAIS E O TURISMO CONTEMPORÂNEO

  • Úrsulla Azevedo Alves Ferreira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio
  • Maria Jaqueline Elicher Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio
  • Bruna Rançāo Conti Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio

Resumo

O progressivo avanço tecnológico tem modificado cada vez mais a relação da sociedade com o meio e também a forma como o turismo, uma atividade essencialmente contemporânea, é realizado. O presente trabalho analisou a influência das mídias digitais no comportamento do viajante durante a experiência turística, tendo como base teórica principal a obra “Teoria da Viagem: poética da geografia”, de Michel Onfray (2009). O objetivo desta pesquisa foi investigar a influência das mídias digitais nos fluxos turísticos e na escolha dos lugares a serem visitados, tendo em vista as mudanças que ocorreram no turismo nas últimas décadas devido ao avanço da tecnologia. A metodologia utilizada foi de cunho qualitativo-exploratório. Com o uso de revisão bibliográfica buscou-se entender como ocorre o processo de construção e realização de uma viagem, a partir dos conceitos trabalhados pelo autor investigado, Michel Onfray, em seu livro Teoria da Viagem. Foram consideradas cada uma das etapas temporais evidenciadas na obra: a) o “antes”; b) o “durante”; c) e o “depois” da viagem e, a partir disso, essas etapas foram pensadas e analisadas sob as influências das mídias digitais. Foi possível estabelecer uma relação entre as mudanças que ocorreram no comportamento do viajante após a inserção de novas ferramentas tecnológicas, sobretudo as digitais, no cotidiano geral da sociedade, bem como seus impactos antes, durante e após a realização da viagem com fins turísticos.

Palavras-chave: Turismo Contemporâneo; Viagem; Mídias Digitais; Michael Onfray.

Biografia do Autor

Úrsulla Azevedo Alves Ferreira, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio

Graduação em Turismo pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio

Maria Jaqueline Elicher, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio

Professora na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio

 

 

Bruna Rançāo Conti, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio

Professora na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio

 

Publicado
2020-08-28
Seção
Artigos