CORPO-NAVALHA MILITANTE: EM TORNO DO PRETO-GAY JORGE LAFFOND

  • André Luiz de Souza Filgueira UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARA
Palavras-chave: Exu, Jorge Laffond, preto-gay, corpo-navalha, insurgência.

Resumo

Esta textualidade tematiza parte da vida e da obra do ator, bailarino e humorista Jorge Luiz de Sousa Lima, conhecido pelo nome artístico de Jorge Laffond. Trata-se de uma reflexão preliminar sobre Lima, assentada na corporeidade pelo olhar interseccionado com raça gênero sexualidade. O que se quer é demonstrar que o modo eleito por Laffond para vivê-las é ambíguo, nomeado de corpo-navalha, como referência direta à figura do Malandro Carioca, expoente do samba, Zé Pilintra, representada pela divindade afro-brasileira Exu. Isso porque a corporeidade preta-gay de Laffond sugere anuência aos dispositivos de poder heteronormativos não-negros. Mas também desfere resistência a eles. Entender as ambiguidades da Bixa-Preta, riscadas pelo corpo-navalha, é o objetivo deste artigo.

Publicado
2021-12-15