PAISAGENS ÍNTIMAS: PRÁTICA ARTÍSTICA E AUTOETNOGRAFIA

  • Odinaldo da Costa Silva Universidade Federal de Goiás
Palavras-chave: Corpo; Autobiografia; Intimidade; Memória; Deslocamento.

Resumo

Neste texto, apresento a possível construção de imagens autobiográficas a partir do desenvolvimento de minha prática artística, utilizando a autoetnografia como metodologia. A reflexão discorre sobre experimentações artísticas, sob um viés autobiográfico, e aponta relações teóricas e questões sobre a contemporaneidade e a produção nas artes visuais. Temas como corpo, intimidade, memória e deslocamento são abordados dentro de uma prática artística autobiográfica. A intenção é fomentar um campo interessado no entrecruzamento das práticas artísticas com os estudos autobiográficos. Os exemplos mostrados a seguir partem do meu corpo de artista e reverberam em sua atuação na relação com o outro, como também, sua atuação no mundo.

Publicado
2021-05-27