EGON SCHIELE: O SENTIDO DO CORPO COMO ARTE

  • Emerson Rodrigues de Brito Centro Universitário Belas Artes de São Paulo
Palavras-chave: arte, autorretrato, Egon Schiele, Expressividade, Linguagem

Resumo

O presente artigo trata da relação entre a figura corporal de Egon Schiele e a sua obra. A ação do artista ao austríaco expressar a sua imagem por meio de autorretratos faz com que haja a criação de uma narrativa estética cuja finalidade não se limita representação particular de um corpo. A preocupação é analisar como o artista ao fazer seus autorretratos cria condições de possibilidades para formular uma linguagem artística do corpo em seus múltiplos sentidos. Criando sentidos para o corpo em sua pintura, Schiele também expressa o seu modo ser como Self exteriorizado.

Publicado
2021-05-27