A presença negra na história do Paraná (Brasil): a memória entre o esquecimento e a lembrança

  • Delton Aparecido Felipe Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Resumo

Resumo: A memória de um grupo se perdura em lugares e em acontecimentos históricos, o que se relaciona diretamente com a organização de sua identidade. Sendo assim, esse texto discute como a negação da memória negra no Paraná faz parte de um projeto de construção da identidade regional baseada em uma política de branqueamento vigente no final do século XIX e início do XX no Brasil.  O paranismo foi uma das estratégias utilizadas para alicerçar uma identidade paranaense a partir dos imigrantes europeus que chegaram no estado na segunda metade do século XIX. Essa gestão da memória, muitas vezes empreendida pelo governo e referenciada por uma literatura historiográfica minimizou ou apagou a presença negra da história oficial do Paraná. Argumento que tem passado por uma desconstrução, a partir de pesquisas que buscam estabelecer uma política da lembrança sobre a participação da população negra no Paraná, lembrar a memória negra no Estado, não é feito sem conflitos com o governo, ao questionar a história oficial do Estado e outros grupos sociais, como os descentes dos imigrantes de europeus que vivem na região.

Palavras-chave: Paraná. Memória negra. Historiografia. Política da lembrança.

Biografia do Autor

Delton Aparecido Felipe, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)
Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Maringá-Paraná com estágio de doutoramento junto ao Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores - CIDTFF da Universidade de Aveiro Portugal. Mestre em Educação e Graduado em História e Pós-doutor em História, na linha de Fronteiras, Populações e Bens cultuais. Pesquisador do Grupo de Estudo e Pesquisa em Psicopedagogia; Aprendizagem e Cultura Gepac/UEM e do Núcleo de Estudo Interdisciplinar Afro-Brasileiro da Universidade Estadual de Maringá PR, com pesquisas relacionadas ao uso das mídias para o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana na educação básica. Com atuação docente em História e Cultura Afro-brasileira; História do Brasil; Metodologia do Ensino de História e História da África.
Publicado
2018-09-04
Como Citar
Felipe, D. (2018). A presença negra na história do Paraná (Brasil): a memória entre o esquecimento e a lembrança. Revista De História Da UEG, 7(1), 156-171. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/7436