SOMOS IGUAIS E PENSAMOS DIFERENTES: ACEITAR A INCLUSÃO FAZ BEM A TODOS - O TEA NA ESCOLA

  • Érica Rezende Barbieri NÚCLEO DE ENSINO E PESQUISA EM NEUROCIÊNCIAS PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROPSICOLOGIA
  • Hadassa Costa Souza
  • Flávia Martins Gervásio
Palavras-chave: Transtorno do Espectro Autista, Inclusão Educacional, Neurociências, Neuropsicologia

Resumo

Objetivo: Analisar a contribuição de ações de psicoeducação na promoção da inclusão do aluno com Transtorno do Espectro Autista (TEA) na escola, em relação a compreensão do autismo por docentes e discentes, bem como adequações no comportamento do próprio aluno autista após participar das atividades do Projeto Autismo na Escola. Materiais e Métodos: Estudo quanti-qualitativo realizado em 56 unidades de ensino no Estado do Mato Grosso, que possuíam em seu quadro de alunos matriculados, pelo menos uma criança ou adolescente com diagnóstico de TEA. As atividades de psicoeducação do Projeto duravam em média de 40 minutos, sendo estas uma palestra com efeito teatral e lúdico associado ao uso de recurso áudio visual, uma roda de conversa e a distribuição de uma cartilha sobre o tema. Passados dois meses da realização do projeto nas unidades de ensino, aplicou-se um questionário de avaliação do nível de abrangência da palestra. Resultados: As respostas obtidas indicaram que 82% dos entrevistados perceberam mudanças no comportamento dos discentes em relação ao aluno autista, 78% que houveram mudanças no comportamento do próprio aluno TEA, 89% em relação aos professores e funcionários e que 98% credita importância na execução do projeto em todas as escolas como forma de melhoria da relação escola-TEA. Conclusão: As ações de psicoeducação promovidas pelo projeto Autismo na Escola fomentaram mudanças no comportamento dos membros das escolas, docentes e discentes, incluindo os alunos com TEA, possibilitando a convivência com a diversidade ou a implementação da inclusão desses alunos na escola.

Publicado
2020-12-18
Como Citar
Barbieri, Érica, Souza, H., & Gervásio, F. (2020). SOMOS IGUAIS E PENSAMOS DIFERENTES: ACEITAR A INCLUSÃO FAZ BEM A TODOS - O TEA NA ESCOLA. Movimenta (ISSN 1984-4298), 13(3), 456-464. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/movimenta/article/view/9083
Seção
Relato de Caso ou Experiência