FATORES AMBIENTAIS, DESEMPENHO MOTOR E CONTROLE DE TRONCO DE LACTENTES NA EMERGÊNCIA DA HABILIDADE DO SENTAR: SÉRIE DE ESTUDOS DE CASOS

  • Luiza Ribeiro Machado Universidade Federal de São Carlos
  • Carolina Fioroni Ribeiro da Silva
  • Victoria Pereira Paleologo
  • Stefani Raquel Sales Fritsch
  • Eloisa Tudella
Palavras-chave: Lactente, Desenvolvimento Motor, Controle Postural

Resumo

Este estudo teve por objetivo verificar os affordances, o desempenho motor, o nível do controle de tronco e a influência entre esses em lactentes que se encontram na emergência do sentar. Participaram 3 lactentes saudáveis, de ambos os sexos, que se encontravam na emergência do sentar. Foram avaliados os affordances aos quais os lactentes foram expostos pela versão brasileira do questionário Affordances in the Home Environment for Motor Development-Infant Scale (AHEMD-IS). O desempenho motor foi mensurado pelo Infant Motor Profile (IMP) e o controle de tronco pela Segmental Assessment of Trunk Control (SATCo). Os lactentes obtiveram cerca de 20 pontos no questionário AHEMD-IS, percentil 80 para o escore total do IMP, e controle de tronco estático em nível torácica baixa, ativo em torácica média e o reativo em torácica alta constatados pela SATCo. Sugere-se que há influência do ambiente no desempenho motor e controle postural dos lactentes, desta forma a estimulação e intervenção precoce são essenciais nos primeiros meses de idade.

Publicado
2022-05-16
Como Citar
Machado, L., da Silva, C., Paleologo, V., Fritsch, S., & Tudella, E. (2022). FATORES AMBIENTAIS, DESEMPENHO MOTOR E CONTROLE DE TRONCO DE LACTENTES NA EMERGÊNCIA DA HABILIDADE DO SENTAR: SÉRIE DE ESTUDOS DE CASOS. Movimenta (ISSN 1984-4298), 15(1), e20220012. https://doi.org/10.31668/movimenta.v15i1.12639
Seção
Relato de Caso ou Experiência