OSCILAÇÕES CLIMÁTICAS PARA LAGOA SECA (PB)

  • RAIMUNDO MAINAR DE MEDEIROS Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE

Resumo

Resumo: Objetiva-se analisar as oscilações climáticas temporais de precipitação e temperatura entre 1981-2019 para a cidade de Lagoa Seca buscando possíveis avarias destas oscilações nas atividades socioeconômicas, auxiliando os tomadores de decisão a respeito dos riscos possíveis. Os dados climáticos de precipitação foram adquiridos da Agencia executiva d’água e clima do Estado da Paraíba referentes a 1981 a 2019 e os dados térmicos foi estimado pelo software Estima_T referente ao mesmo período de estudo. Estudos com tendências climáticas tornam-se mais compreensível quando se analisar séries temporais longas as quais possam ser divididas em subperíodos de 30 anos ao menos. As anomalias pluviais entre 2000-2019 registraram dez anos seco; seis anos muito seco; três anos muito chuvoso e um ano chuvoso, estas irregularidades pluviais nos leva a concluir que eventos climáticos e as ações antrópicas podem estar contribuindo para os registros destes cenários em escala local, a predominância de anos seco e muito seco vem ocasionando impactos aos produtores do hortifrutigranjeiro que vem utilizando-se de maiores tempos em irrigações.
Palavras-Chave: Índices pluviais e térmicos; variabilidades e mudanças climáticas; irregularidades pluviais.

Biografia do Autor

RAIMUNDO MAINAR DE MEDEIROS, Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE

Pós-Doutorado pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE

Publicado
2021-10-18
Seção
Artigos