APLICAÇÃO DA TÉCNICA DOS QUANTIS NOS ÍNDICES PLUVIAIS DO MUNICÍPIO DE LAGOA SECA, PARAÍBA E SUA RELAÇÃO COM O ENSO E A HORTIFRUTIGRANJEIRO

  • RAIMUNDO MAINAR DE MEDEIROS Pós-Doutor pela Universidade Federal Rural de Pernambuco / UFRPE

Resumo

Resumo: Aplicou-se a técnica dos quantis nos índices pluviais anuais e realizou sua analise na série (1981-2019) para a cidade de Lagoa Seca, objetivando investigar sua afinidade com o ENOS e a hortifrutigranjeiro, os dados foram adquiridos da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba. Utilizou-se a técnicas dos quantis para caracterizar períodos secos, muito secos, normais, chuvosos e muito chuvosos inserindo informações sobre o fenômeno ENOS visando relacioná-lo com a técnica dos quantis, similarmente aos utilizados por Pinkayan referentes às probabilidades (0,15), (0,35), (0,65) e (0,85). A atuação dos eventos de El Niño / La Niña para Lagoa Seca não tem muita contribuição visto que mesmo em anos de atuação registra-se chuva acima ou próximo à média climatológica. A probabilidade de acontecimento de eventos extremos é esperada, o que poderá ocasionar enormes prejuízos aos hortifruticultores como acamamento e desfolhagem das hortaliças. A extensa conveniência da aplicabilidade da metodologia dos quantis é admitir uma representação prática de determinado evento climático em termos da sua intensidade ou categoria de ocorrência.
Palavras-chave: Climatologia. Classificações climáticas. Eventos climáticos.

 

 

Biografia do Autor

RAIMUNDO MAINAR DE MEDEIROS, Pós-Doutor pela Universidade Federal Rural de Pernambuco / UFRPE

Pós-Doutor pela Universidade Federal Rural de Pernambuco / UFRPE

Publicado
2020-09-03
Seção
Artigos