Modalização discursiva e ensino de gramática: diagnose e reflexões para uma intervenção didática

  • Filomena Oliveira Azevedo Varejão Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Marcus Vinicius Souza de Oliveira Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ

Resumo

Este trabalho tem como objetivo, com base nos conceitos apresentados por Halliday e Mathiessen (2004), Nascimento (2010), Fernandes (2011) Azeredo (2007) e Neves (2000), propor estratégias para o ensino de gramática a partir das construções sintáticas que funcionam como elementos linguísticos que efetivam o fenômeno da modalização como estratégia argumentativa. Desenvolvida no âmbito no Mestrado Profissional em Letras (PROFLETRAS/UFRJ), a pesquisa investiga a hipótese de que é possível aliar o estudo da sintaxe com o fenômeno da modalização, a partir de uma perspectiva em que o aluno seja capaz não só de reconhecer estruturas linguísticas, mas também de perceber o caráter semântico-discursivo presente em cada escolha sintática, bem como suas implicações para a leitura, a escrita e a produção de sentidos, oferecendo, assim, subsídios que contribuam para o aumento de seu repertório linguístico e para o desenvolvimento de habilidades reflexivas sobre o funcionamento do sistema (FRANCHI, 2006).

Biografia do Autor

Filomena Oliveira Azevedo Varejão, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutora em Letras Vernáculas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil (2006);
Professora Associada II da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). CV: http://lattes.cnpq.br/8771985316883233. E-mail: varejaofilomena@gmail.com.

Marcus Vinicius Souza de Oliveira, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Mestre em Letras pela UFRJ (PROFLETRAS); Bacharel e Licenciado em Letras (Português/Grego) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ); Professor I de Língua Portuguesa da Rede Municipal do Rio de Janeiro. CV: http://lattes.cnpq.br/9349448832389693. E-mail: oliveiramvs@yahoo.com.br.
Publicado
2018-11-30
Seção
Linguística