Enfermidades, sanitarismo e preconceito: uma análise histórica de Comunidades Caiçaras e Quilombolas do litoral norte de São Paulo, Brasil, no decorrer do Século XX

Enfermedades, saneamiento y prejuício: un análisis histórico de Comunidades Caiçaras y Quilombolas de la costa norte de São Paulo, Brasil, en el desarrollar del siglo XX

Resumo

As percepções expressas por profissionais sobre populações caiçaras são enfáticas ao classificá-las em alcunhas depreciativas. Indolentes, arredios ao trabalho são alguns dos predicados atribuídos. A origem desta postura, já bastante estudada, remonta às teorias de pretensão científica que também atingia populações mestiças em geral, creditando-lhes certa degeneração que impedia o progresso da humanidade. O presente artigo, por meio de revisão bibliográfica, procura refletir como tais cenários espelham historicamente uma situação comum a muitos grupos sociais, caiçaras e quilombolas, que preservam uma cultura particular, tema de reflexões que colaboram para que se entenda justamente a miscigenação enquanto uma das bases da formação cultural do país.

Palavras chave: Enfermidades. Preconceito. Saneamento básico. Caiçaras. Quilombolas. Ubatuba/SP.

Biografia do Autor

Clayton Galdino Rosendo dos Santos, Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP

Doutorando em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP); bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

Maria Aparecida Chaves Ribeiro Papali, Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP

Doutora em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP); docente do Mestrado em Planejamento Urbano e Regional da Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP).

Pedro Ribeiro Moreira Neto, Universidade do Vale do Paraíba - UNIVAP

Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (USP) e doutor em Géographie Humaine et Organisation de l'Espace pelo Institut de Geógraphie Université Paris I Panthéon-Sorbonne (IG - França); docente do Mestrado em Planejamento Urbano e Regional da Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP).

Publicado
2020-06-03
Como Citar
Santos, C., Papali, M. A., & Moreira Neto, P. (2020). Enfermidades, sanitarismo e preconceito: uma análise histórica de Comunidades Caiçaras e Quilombolas do litoral norte de São Paulo, Brasil, no decorrer do Século XX. Revista De História Da UEG, 9(1), e912018. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/9757
Seção
Artigos (Tema Livre)