A interiorização das ações em saúde no início do século XX em Viçosa (MG – Brasil)

The internalization of health actions in the early Twentieth Century: Viçosa, Minas Gerais, Brazil

  • Vanessa Lana Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  • Mayra Christian Sabino Escola de Estudos Superiores de Viçosa (ESUV)

Resumo

Resumo: O objetivo deste artigo é analisar o processo de interiorização das ações em saúde nas primeiras décadas do século XX no Brasil, tomando a cidade de Viçosa/MG como palco de investigação. A proposta pautou-se em investigar as ações empreendidas pelo legislativo municipal em relação à saúde, por meio de documentação legislativa, buscando identificar diálogos e pontos de conflito entre as posturas municipais e as preocupações e diretrizes do poder central no que concerne às propostas de saneamento no período. Procurou-se verificar ainda as diretrizes de saúde na cidade de Viçosa, buscando perceber as principais medidas efetuadas no município e questões debatidas pelos poderes públicos.

Palavras chave: Interiorização. Saúde pública. Legislação municipal.

Biografia do Autor

Vanessa Lana, Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Graduada em História (UFJF, 2004). Mestre (2006) e Doutora (2012) em História das Ciências pela Casa de Oswaldo Cruz / FIOCRUZ; professora Adjunta do Departamento de História da Universidade Federal de Viçosa; professora do Mestrado em Patrimônio Cultural, Paisagens e Cidadania - Universidade Federal de Viçosa.

 

Mayra Christian Sabino, Escola de Estudos Superiores de Viçosa (ESUV)

Graduada em História pela Universidade Federal de Viçosa (UFV); graduanda em Direito pela Escola de Estudos Superiores de Viçosa (ESUV). 

Publicado
2020-04-20
Como Citar
Lana, V., & Sabino, M. (2020). A interiorização das ações em saúde no início do século XX em Viçosa (MG – Brasil). Revista De História Da UEG, 9(1), e912013. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/9588
Seção
Artigos (Tema Livre)