Do surgimento da Escolástica (Patrística, século V) ao Argumento Ontológico de Anselmo de Cantuária (Século XI)

From the emergence of Scholasticism (Patristic, 5th century) to Anselmo Canterbury's ontological argument (11th century)

  • Ramon Maciel de Souza Faculdade Unida de Vitória (UNIDA)

Resumo

Resumo: O presente artigo tem como objetivo elucidar o contexto histórico do nascimento do pensamento escolástico, passando pela patrística até o seu surgimento, no final do século X e início do século XI. Esse levantamento tem sua importância para avultar como a razão, ferramenta utilizada pela escolástica, torna-se proeminente para comprovar e fundamentar verdades teológicas. É relevante, ainda, para entender o momento histórico que antecede a época em que Anselmo viveu, e quais as influências que esse contexto, possivelmente, trouxe para o pensamento do monge beneditino em sua obra Proslogion, na formação do seu argumento Ontológico.

Palavras-chave: Escolástica. Anselmo. Argumento Ontológico.

Biografia do Autor

Ramon Maciel de Souza, Faculdade Unida de Vitória (UNIDA)

Cursa o mestrado profissional em Ciências das Religiões pela Faculdade Unida de Vitória (UNIDA).

Publicado
2020-02-28
Como Citar
Souza, R. (2020). Do surgimento da Escolástica (Patrística, século V) ao Argumento Ontológico de Anselmo de Cantuária (Século XI). Revista De História Da UEG, 9(1), e912004. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/9538
Seção
Artigos (Tema Livre)