“Por que estudar as religiões?”: considerações a partir de uma pergunta insistente

“Why study religions?”: considerations from an insistent question

  • João Paulo de Paula Silveira Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Resumo

Resumo: Este artigo discute a importância dos estudos das religiões, partindo de uma indagação comum a respeito de sua validade. Problematiza-se o tipo de consciência histórica das religiões, produzida pela teoria da secularização em sua forma preditiva e teleológica, como fulcro de perspectivas que representam negativamente os estudos das religiões. Na seção final, a argumentação sobre a importância desses estudos é desenvolvida a partir do lugar das religiões na contemporaneidade.

Palavras-chave: Religiões. História das religiões. Modernidade.

Biografia do Autor

João Paulo de Paula Silveira, Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Doutor em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás (UFG); docente do curso de Licenciatura em História da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Campus Iporá e docente do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Estadual de Goiás (PPGHIS-UEG), Campus Morrinhos.

Publicado
2019-11-11
Como Citar
Silveira, J. P. (2019). “Por que estudar as religiões?”: considerações a partir de uma pergunta insistente. Revista De História Da UEG, 8(2), e821914. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/9085