Dimensões do público e do privado na trajetória do Instituto Oswaldo Cruz (1900-1970)

  • Tiago Siqueira Reis Universidade Nova de Lisboa

Resumo

Resumo: O presente artigo analisa a trajetória do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) nos anos de 1900, data de sua fundação até 1970, quando se transforma na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Nosso objetivo é compreender e identificar os traços de natureza privada na construção política e gerencial do instituto. Partimos do pressuposto de que o Instituto Oswaldo Cruz durante este período buscou edificar um projeto institucional de base autônoma e flexível, onde podemos observar em certos momentos, uma relação conflituosa com o poder estatal. Portanto, nosso intuito é apresentar possíveis aproximações da trajetória do IOC com uma perspectiva de interesse e de gestão privada.

Palavras-chave: Instituto Oswaldo Cruz. Trajetória Gerencial. Público versus privado.

Biografia do Autor

Tiago Siqueira Reis, Universidade Nova de Lisboa
Mestre em História
Publicado
2017-12-29
Como Citar
Reis, T. (2017). Dimensões do público e do privado na trajetória do Instituto Oswaldo Cruz (1900-1970). Revista De História Da UEG, 6(2), 147-165. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/6262
Seção
Artigos (Tema Livre)