Entre batuques e cantos: o samba como arma de resistência negra

  • Sheila Alice Gomes da Silva Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Universidade Camilo Castelo Branco Universidade Federal de São Paulo

Resumo

Resumo: É comum perceber na historiografia brasileira representações hegemônicas de resistência ao processo escravocrata a partir de lutas armadas. O que acaba constituindo uma única perspectiva em detrimento das diversas outras formas engendradas contra este sistema por grupos negros. Olhando para essas manifestações de luta firmadas em saberes, mandingas, musicalidades, oralidade, entre outros, objetivamos evidenciar, especificamente, o samba como movimento de resistência. Com letras que reafirmam as culturas negras, fazem críticas e denunciam uma realidade de opressão e violência, constituem-se espaços de permanência - prolongamentos das culturas africanas ou afro-brasileiras frente à opressão colonialista e capitalista. A partir da análise de algumas letras buscamos perceber o samba como uma das armas de resistência constituídas pelas populações negras a partir de meados do século XIX até o tempo presente.

Palavras-chave: Samba. Resistência negra. Escravidão. Brasil. Música. 

 

Biografia do Autor

Sheila Alice Gomes da Silva, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Universidade Camilo Castelo Branco Universidade Federal de São Paulo

Mestre em História Social (PUC-SP); Pesquisadora associada ao Centro de Estudos das culturas africanas e da diáspora – CECAFRO e do Núcleo de Estudos de História Social da Cidade – NEHSC, ambos da PUC-SP; atua como Professora da Universidade Camilo Castelo Branco ministrando a disciplina História e Cultura afro-brasileira e Tutora da Universidade Federal de São Paulo no curso de pós-graduação em Promoção da Igualdade Racial.

Publicado
2016-07-06
Como Citar
Silva, S. (2016). Entre batuques e cantos: o samba como arma de resistência negra. Revista De História Da UEG, 5(1), 321-332. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/4603
Seção
Artigos (Tema Livre)