A formação do Arraial de Nossa Senhora do Patrocínio (MG, Brasil): uma reflexão sobre a colonização no sertão mineiro (1750-1820)

  • Alcione Souza Júnior Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro - IFTM - Campus Patos de Minas.

Resumo

Resumo: Este trabalho aborda o processo de formação do Arraial de Nossa Senhora do Patrocínio-MG no contexto da incorporação da região do Alto Paranaíba à Capitania de Minas Gerais. À atuação governamental somaram-se as iniciativas particulares com interesses diversos e, muitas vezes, conflitantes. A conquista de áreas propícias à atividade agropecuária foi acompanhada da destruição de aldeias indígenas e quilombos, numa ocupação territorial que implicou muitas vezes em despovoamento e repovoamento. A colonização dispersa forjou relações sociais caracterizadas pela força dos costumes e pelo apego às tradições, resultando num quadro cultural de pouca sociabilidade.

Palavras-chave: História de Patrocínio-MG. Conquista do sertão mineiro. Colonização do Alto Paranaíba-MG. 

 

Biografia do Autor

Alcione Souza Júnior, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro - IFTM - Campus Patos de Minas.

Possui graduação em História. É mestre em História Social pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Atuou como professor de História no Ensino Superior e Médio. Atualmente é professor de História no IFTM - Campus Patos de Minas.

Publicado
2015-07-29
Como Citar
Souza Júnior, A. (2015). A formação do Arraial de Nossa Senhora do Patrocínio (MG, Brasil): uma reflexão sobre a colonização no sertão mineiro (1750-1820). Revista De História Da UEG, 4(1), 98-118. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/3072
Seção
Artigos (Tema Livre)