Em terras capixabas: a interiorização do Estado Imperial na Província do Espírito Santo

  • Leonardo Nascimento Bourguignon Universidade Federal do Espírito Santo Vitória – Espírito Santo – Brasil

Resumo

A construção do Estado Imperial brasileiro no século XIX foi alvo de intensas e acirradas disputas ideológicas e, em vários momentos, militares. O medo da revolução, representada na sangrenta guerra civil na América Espanhola e posterior fragmentação da mesma era um dos pontos mais temidos na agenda dos homens que se encarregaram de construir esse Estado, mantendo a unidade nacional e inseridos no mundo civilizado. Neste artigo analisamos as práticas e estratégias desenvolvidas pela elite imperial e local afim de inserir a Província do Espírito Santo, sua população e os imigrantes que aqui desembarcavam, neste projeto de Estado nacional.

Biografia do Autor

Leonardo Nascimento Bourguignon, Universidade Federal do Espírito Santo Vitória – Espírito Santo – Brasil
Mestrando em Educação pelaUniversidade Federal do Espírito Santo e atua como professor dehistória no Ensino Fundamental em Anchieta, ES e no Ensino Médioem Piúma, ES.
Como Citar
Bourguignon, L. (1). Em terras capixabas: a interiorização do Estado Imperial na Província do Espírito Santo. Revista De História Da UEG, 1(2), 153-175. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/1307
Seção
Artigos (Tema Livre)