A cidade de Natal (RN - Brasil) como corpo planejado: o Plano Geral de Sistematização e o urbanismo natalense no final da década de 1920

  • Gabriela Fernandes de Siqueira Universidade Federal do Rio Grande do Norte Natal – Rio Grande do Norte – Brasil

Resumo

O objetivo desse artigo é analisar o Plano Geral de Sistematização de Natal (1929-1930), elaborado durante a administração do prefeito Omar O’Grady. Pretende-se investigar os padrões de planejamento urbano presentes em Natal na década de 1920, além de examinar a relação entre os ideais de circulação e zoneamento que embasavam esse planejamento e a concepção do funcionamento do corpo humano vigente nesse período. Para tanto, as discussões presentes em Natal na década de 1920 serão aproximadas das discussões de Richard Sennett (1997) em sua obra Carne e Pedra. Por meio do diálogo com Sennett será possível refletir como o Plano de Sistematização representou uma tentativa de planejar o crescimento e a ocupação de Natal, pensando-a enquanto corpo planejado, saudável e livre de obstáculos.

Biografia do Autor

Gabriela Fernandes de Siqueira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Natal – Rio Grande do Norte – Brasil
mestranda em História peloPrograma de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio Grandedo Norte.
Como Citar
Siqueira, G. (1). A cidade de Natal (RN - Brasil) como corpo planejado: o Plano Geral de Sistematização e o urbanismo natalense no final da década de 1920. Revista De História Da UEG, 1(2), 91-119. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/1306
Seção
Artigos (Tema Livre)