O escândalo nos processos de sodomia da inquisição portuguesa (1567-1660): abordagens e perspectivas

The scandal in the sodomy processes of the portuguese inquisition (1567-1660): approaches and perspectives

  • Wallas Jefferson Lima Secretaria de Educação do Estado do Paraná (SEED/PR) https://orcid.org/0000-0003-4709-8052
  • Edson Santos Silva Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Resumo

O propósito deste artigo[1] é, em primeiro lugar, abordar o tema do escândalo na Inquisição Portuguesa. Fator importante na dinâmica da abertura e do fechamento dos processos de sodomia, o escândalo é abordado a partir do ponto de vista histórico, privilegiando as dimensões sociais que alguns casos comportaram. Em segundo lugar, com intuito mais específico, pretende-se explorar quais as relações estabelecidas entre o escândalo e as organizações sociais do Antigo Regime. Ancorado metodologicamente na perspectiva da Micro História, este artigo recupera as relações sociais de tensão e conflito típicas do Antigo Regime e privilegia as denúncias e confissões que abarcam os anos de 1567 a 1660.

Palavras-chave: Escândalo. Sodomia. Inquisição.

 

[1] Este artigo é um recorte da tese de doutorado intitulada A Sodoma de Santos de Almeida: Narrativas escandalosas de um clérigo homossexual na Inquisição de Lisboa (1630-1645), defendida em 2021, no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PPGHIS-UFPR).

Biografia do Autor

Wallas Jefferson Lima, Secretaria de Educação do Estado do Paraná (SEED/PR)

Doutor em História pela Universidade Federal do Paraná (UFPR); professor da Secretaria de Educação do Estado do Paraná (SEED/PR).

Edson Santos Silva, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

doutor em Letras Clássicas e Vernáculas pela Universidade de São Paulo (USP); fez estágio pós-doutoral pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP); docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO).

Publicado
2022-01-31
Como Citar
Lima, W., & Silva, E. (2022). O escândalo nos processos de sodomia da inquisição portuguesa (1567-1660): abordagens e perspectivas. Revista De História Da UEG, 11(01), e112207. https://doi.org/10.31668/revistaueg.v11i01.12309