Morte, cemitérios e devoção: uma análise material do fenômeno dos santos populares em Bauru e Jaú (São Paulo – Brasil) a partir de imagens

Death, cemeteries and devotion: a material analysis of the phenomenon of popular saints based on images in Bauru and Jaú (São Paulo – Brazil)

  • Taís Cristina Melero Secretaria Municipal de Cultura de Bauru

Resumo

O fenômeno dos santos populares é um traço característico da religiosidade brasileira, multifacetada e plural. A santidade popular nasce no cemitério por meio da canonização espontânea empreendida pela população local, a qual sacraliza o indivíduo que foi assolado pela tragédia ou teve sua vida interrompida de maneira prematura. A produção social dos santos populares liga-se à devoção “marginal”, ou seja, é um processo que recria e readapta preceitos da Igreja Católica com sujeitos que jamais seriam alçados ao posto de santos oficiais. Desse modo, no campo-santo, finado e jazigo são objetos de veneração. Logo, com o objetivo de compreender a materialidade e a vivacidade do culto aos santos populares, este artigo propõe analisar dois jazigos de santos de cemitério, sendo um na cidade de Bauru, e outro na cidade de Jaú. Assim, por meio de uma abordagem qualitativa com instrumentos de pesquisa documental e bibliográfica, pretende-se estudar a influência do sagrado no imaginário popular a partir do enfoque da História Local e Regional, relacionando as santidades populares com a memória das cidades selecionadas. A fonte histórica empregada será arqueológica, abarcando os túmulos dos santos locais. Estes serão analisados em elementos iconográficos, com o intuito de identificar aspectos materiais e simbólicos que os diferenciam das demais campas das necrópoles[1].

Palavras-chave: Santos populares. Cemitérios. Jazigos devocionais. Sagrado. Profano.

 

[1] Este artigo foi apresentado como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ao Centro de Ciências Humanas do Centro Universitário Sagrado Coração (UNISAGRADO/Bauru-SP), como requisito parcial para a obtenção do Título de Licenciado em História em dezembro de 2020.

Biografia do Autor

Taís Cristina Melero, Secretaria Municipal de Cultura de Bauru

Graduada em História pela Centro Universitário Sagrado Coração (UNISAGRADO); pós-graduanda em Literatura Brasileira (especialização) pela Faculdade Unyleya; servidora pública da Secretaria Municipal de Cultura de Bauru, vinculada à Divisão de Bibliotecas.   

Publicado
2021-08-19
Como Citar
Melero, T. (2021). Morte, cemitérios e devoção: uma análise material do fenômeno dos santos populares em Bauru e Jaú (São Paulo – Brasil) a partir de imagens. Revista De História Da UEG, 10(02), e022114. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/11618