Ditadura e propaganda no Brasil: a trajetória social do publicitário Said Farhat

  • Natália Cristina de Oliveira Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • David Antonio Castro Netto Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Andreza da Silva Vieira Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo analisar aspectos que impulsionaram a liderança da ditadura militar: a publicidade, agências e instituições de propaganda. Realizamos tal exercício a partir da trajetória social do publicitário Saïd Farhat (1920-2014) - foi jornalista, advogado e empresário brasileiro. Exerceu alguns cargos públicos, como a presidência da Embratur - no governo Ernesto Geisel (1974-1979) e ministro da Comunicação Social da Presidência da República no início do governo João Figueiredo. A ditadura e a publicidade coexistiram de maneira próxima, pois promoveram um conjunto de campanhas que visava contribuir para a manutenção de certo clima de otimismo. Utilizamos a trajetória social de Saïd Farhat com base em suas articulações publicitárias e políticas. Nossas análises são embasadas, metodologicamente, na teoria do sociólogo Norbert Elias; e, precisamente, utilizamos o conceito de poder para realizar referências às disputas nas relações estabelecidas entre os indivíduos. Entender o deslocamento social de Farhat nos auxilia na compreensão do momento em que o desastre econômico obrigou a desarticulação/reconstrução de um dos principais blocos que forneceu apoio à ditadura. A presença publicitária no campo político sugere uma tentativa de equilibrar a balança de poder no período ditatorial.

Palavras–Chave: Ditadura Militar. Publicidade ditatorial. Saïd Farhat, Trajetória Social.

Biografia do Autor

Natália Cristina de Oliveira, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG); docente da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

David Antonio Castro Netto, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Doutor em História pela Universidade Federal do Paraná (UFPR); docente da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR).

Andreza da Silva Vieira, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Doutoranda em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Publicado
2021-02-03
Como Citar
Oliveira, N., Castro Netto, D., & Vieira, A. (2021). Ditadura e propaganda no Brasil: a trajetória social do publicitário Said Farhat. Revista De História Da UEG, 10(01), e012115. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/10786