Um tesouro austro-brasileiro: compartilhando responsabilidades sobre a Coleção Mario Baldi

An Austro-Brazilian treasure: sharing responsibilities for the Mario Baldi Collection

  • Marcos de Brum Lopes Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Palavras-chave: Fotografia, Museus, Mario Baldi

Resumo

O texto apresenta a trajetória da herança documental do fotógrafo Mario Baldi (1896-1957), dividida entre Áustria e Brasil, e os esforços bilaterais para reunir as informações que complementam as duas coleções. São expostos alguns dados básicos sobre a obra do fotógrafo, além das formas como sua produção foi veiculada ao público, durante sua vida e postumamente. Enfatiza-se a passagem de uma coleção cindida em duas partes incomunicáveis, para uma proposta de compartilhamento de responsabilidades.

Palavras-chave: Fotografia. Museus. Mario Baldi.

Biografia do Autor

Marcos de Brum Lopes, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutor em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF); professor visitante do Departamento de História da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Técnico em Assuntos Culturais - História do Museu Casa de Benjamin Constant, Ibram (Licenciado).

Publicado
2020-07-13
Como Citar
Lopes, M. (2020). Um tesouro austro-brasileiro: compartilhando responsabilidades sobre a Coleção Mario Baldi. Revista De História Da UEG, 9(2), e922005. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/10629