Instituições de memória e acervos fotográficos: a experiência do Centro de Memória Cultural do Sul de Minas

Memory institutions and photographic collections: the experience of the Centro de Memória Cultural do Sul de Minas

  • Marcos Ferreira de Andrade Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ)
Palavras-chave: História. Memória. Acervos fotográficos. Centro de Memória Cultural – UEMG/Campanha.

Resumo

O objetivo deste artigo consiste em discutir a importância das instituições universitárias na constituição de centros de memória e de documentação, particularmente daquelas que detêm acervos fotográficos e que envolvem políticas de preservação, catalogação, acesso público e produção de pesquisas a partir dos fundos sob sua custódia. A experiência aqui relatada se reporta à criação do Centro de Memória Cultural do Sul Minas, inaugurado em maio de 2000, na unidade da Universidade do Estado de Minas Gerais – UEMG, na cidade de Campanha/MG, com atenção especial ao acervo fotográfico Paulino de Araújo Ferreira Lopes.

Palavras-chave: História. Memória. Acervos fotográficos. Centro de Memória Cultural – UEMG/Campanha.

Biografia do Autor

Marcos Ferreira de Andrade, Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ)

Doutor em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF); docente do curso de História da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ).

Publicado
2020-07-13
Como Citar
Andrade, M. (2020). Instituições de memória e acervos fotográficos: a experiência do Centro de Memória Cultural do Sul de Minas. Revista De História Da UEG, 9(2), e922007. Recuperado de https://www.revista.ueg.br/index.php/revistahistoria/article/view/10605